O MEU BLOG...

Olá,
criei este blog como forma de ir apresentando o meu dia a dia e daqueles que me são mais próximos, como também apresentar comentários aos mais variados temas da actualidade.

Espero que gostem e podem comentar á vontade :)

Bjins Obrigada

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Vida....

 

Não tenho nada que me preocupe, além do trabalho com muito stress numa tarefa nova, diferente e que não domino. Todos estamos no mesmo barco no que toca à crise e ao fato de poder faltar o nosso ganha pão.

Tenho saúde (mais ou menos, mas mais para mais, lol), graças a Deus e faço por isso (mais ou menos,  mas mais para mais, lol).

Tenho uns pais que me adoram e uma mãe que me apoia incondicionalmente e que eu aproveito para tudo e agradeço, pois neste momento da minha vida, bem preciso. Adoro-a e tem sido um pilar na minha vida e na da minha família mais próxima lá de casa.

Tenho irmãos, que estão fazendo a sua vida, mas que se eu precisar, acho que posso chatear J

Tenho um sobrinho bebé, lindo de morrer, que me tem ajudado, uma nica, neste meu percurso de vida, na forma de ver, estar e a saber que ele é tão indefeso e que temos de cuidar e proteger, sem ligar a coisas supérfluas e sem tarelo algum.

Tenho alguns amigos, uns que posso contar mais que outros e esses outros também estão a fazer a sua vida e vivendo o seu futuro.

 

No entanto, não me sinto feliz… Tenho tido um ano complicado em todos os aspetos da minha vida e a verdade é que aconteceu tudo ao mesmo tempo, o que me provocou um desgaste físico e emocional tremendo. Vou conversando aqui e ali, mas a verdade é que não tenho alguém próximo, mas não próximo, (não sei se me entendem, pk às vezes é melhor contar o que nos angústia a alguém que não conhece a nossa vida toda, por forma a não nos criticar) a quem possa pedir um ombro, uma mão, uma palavra de conforto…

 

Tenho dias melhores que outros, como toda a gente, mas tenho algo que me atormenta todos os dias e com a qual, muitas vezes, me dou a pensar, seja no trabalho, em casa, a ver tv, a conduzir ou por alguma situação que me lembre a “situação, os sentimentos”… Sei que é cedo, que o tempo cura, que nós crescemos interiormente e que passamos a ver o que é realmente bom e desprezar o que nos faz mal e não presta, é verdade, mas complicado e difícil. É mais fácil dizer, do que fazer.

 

Espero que 2013 me reserve coisas boas, que eu mesma consiga livrar-me deste monstros que me atormentam, que eu consiga iniciar o meu futuro e inicie a minha cura de alma. Que comece o meu percurso para atingir a felicidade. Sei que não podemos ser felizes a 100%, querendo as coisas e as pessoas à nossa maneira, mas sei que podemos ter dias e situações que nos fazem felizes e que, de algum modo, concretizam os nossos sonhos. Quero começar a trilhar este caminho da felicidade e não serão bens materiais ou coisas sem sentido que me farão mais feliz e mais que os outros. Será por pensamentos, atitudes e algumas mudanças dentro e fora de mim, no que me rodeia e principalmente na minha cabeça.

 

Venha 2013…

6 comentários:

Ela é Bela disse...

Que assim seja, tal como desejas. Eu não concordo com isso de não podermos ser felizes a 100%. Acredito que sim, que podemos, temos é que dar valor às coisas que temos e que nos acontecem, tentar ver sempre o lado positivo das situações, Às vezes é dificil, mas ele existe sempre

Soltas as Palavras disse...

Ao ler este post, lembrei-me de mim há mais ou menos uns 5 anos atrás. Tinha e tenho um emprego que gosto, familia, alguns amigos (poucos mas bons), saia, divertia-me mas faltava sempre alguma coisa, sentia-me só mesmo estando rodeada de muita gente. Um dia decidi que queria mudar, que queria fazer mais alguma coisa na minha vida, então deixei de pensar em quem me fazia sofrer e decidi comprar um apartamento e ir morar sozinha, apartir dai a minha vida mudou, começei a sentir-me diferente e um dia quando menos esperava e quando não estava sequer a pendar em amor, apareceu o meu marido. As coisas acontecem quando nós menos esperamos temos é que estar dispostas a ser feliz e a deixar para trás o que não interessa, o que não nos faz felizes e deixar a "janela" aberta para a felicidade. Desejo-lhe toda a felicidade. Um grande beijinho

Flow disse...

Estamos no mesmo barco :)

Patrícia disse...

Espero que 2013 te deixe feliz e que concretize todos os teus desejos :)
E sim, eu percebo como te sentes, é uma grande porcaria :x Mas dá tempo ao tempo e confia :) Vais ver que 2013 te reserva muitas surpresas boas e muito conforto :)

Dia - a - Dia disse...

Obrigada pelas palavras meninas.

Bjins

Ana disse...

Espero que 2013 seja um ano bom para ti , quando se está rodeado de coisas boas, torna-se mais fácil por de lado as tristezas :)