O MEU BLOG...

Olá,
criei este blog como forma de ir apresentando o meu dia a dia e daqueles que me são mais próximos, como também apresentar comentários aos mais variados temas da actualidade.

Espero que gostem e podem comentar á vontade :)

Bjins Obrigada

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Pedintes



Pois que é a 2ª vez que vou a um hipermercado cá da cidade e tenho um pedinte que não larga a perna.

Na 1ª vez disse que era para as receitas da filha que ela estava doente e que precisava de dinheiro para aviar as receitas. Lá levou 1 ou 2 euros e pronto ficou resolvido.Foi lá embora com o bolso cheio.

Na 2ª vez, e no prazo de mais ou menos 1 semana, lá vem o menezim outra vez com a mesma lenga-lenga. Ainda queria mostar as receitas novamente e apenas levou 0,40€. A minha mãe até respondia que já tinha visto as receitas, que já lhe tinha dado e que o governo podia ajudar quem é carenciado, mas também nunca lhe disse não tenho ou não dou. Portanto, ele ficou sempre a espera de uma moeda. Até fiquei podês de ruim, porque a minha mãe tinha de dizer não tenho e ficava resolvido.  

Estas coisas afugentam os clientes, porque não queremos uma pessoa com aspecto duvidoso atrás de nós e os seguranças lá dentro a coçar, só pode. Já lhe tinhamos dado moeda e pronto, não tinha de ter ido outra vez ter connosco numa 2ª vez, não temos e já demos, pronto acabou-se. Eu também estou em crise e as coisas também estão dificeis, a alimentação mais cara e é só coisas a subir, impostos, iva e mais impostos extras. Estou a poupar para alguma eventualidade. Que vá à segurança social pedir, assim como assim só dão a quem querem. A mim nunca me deram nada, dizem que sou rica, tenho estudo e tenho bom lombo para trabalhar.

Não deve ser para os medicamentos, porque apesar de ser o mesmo discurso, já não era para medicamentos, mas sim para um exame que custa 18 contos.

Larga-me essa porta. Para a próxima grito, oh oh. Da maneira que eu ando passada da cabeça, ainda lhe dou porrada...

PS- Epáh não é por ajudar, mas ainda se fosse comida ou mesmo medicamentos verdadeiros, mas já sabemos qual a finalidade do dinheiro, ainda por cima vezes seguidas, também fico farta. Quero ir fazer compras descançada. Eu pago imposto e tb estou em crise. Graças a deus tenho saúde e trabalho.

1 comentário:

Jessica Sousa disse...

Se eles não vão pedir ao governo, por alguma razão é... Ou são ilegais, ou não têm as finanças, etc etc... É que é preciso um aço teso da verga lol